Páginas

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Comer, Rezar, Amar por Elizabeth Gilbert



Comer, Rezar, Amar é um livro ótimo, adorei a forma como foi escrito, fazendo com que você se sinta parte da história. De uma forma tão íntima e aconchegante, a autora Liz Gilbert consegue, com êxito, passar uma mensagem de muita superação. 
Em muitos momentos você se pergunta : Isso aconteceu mesmo? Ler alguma história de ficção é muito fácil, mas quando você sabe que tudo que está escrito é real , assim como neste livro, é até difícil acreditar. 
A avaliação do livro deve ser dividida em três partes, assim como na história. Adorei a primeira parte, que se trata do período que Liz passa na Itália, me  pareceu muito vivo e  transformador. É ótimo aprender mais sobre o país e se  divertir com o clima "sem rotina" que domina esta parte da história. A segunda parte, período na Índia, é de certa forma cansativo, mas é de extrema importância no decorrer da história. A terceira parte, em que Liz viaja para Bali, é a que eu mais gosto, pois parece renascer uma nova Elizabeth, equilibrada e em busca de paz. Neste mesmo período, encontra uma nova paixão, que sem dúvida só a ajudou na procura de uma nova vida. 
Recomendo o livro para quem está em busca de uma renovação também, e que precisa de mais um incentivo.


As pessoas acham que alma gêmea é o encaixe perfeito, mas a verdadeira alma gêmea é um espelho, a pessoa que mostra tudo que está prendendo você, a pessoa que chama atenção para você mesmo para que você possa mudar sua vida. Uma verdadeira alma gêmea é provavelmente a pessoa mais importante que você vai conhecer, porque elas derrubam suas paredes e te acordam com um tapa. Mas viver com uma alma gêmea para sempre? Não. Dói demais. As almas gêmeas só entram na sua vida para revelar a você uma outra camada de você mesmo, e depois vão embora. "


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...